Como Encontrar o Equilíbrio entre uma Visão de Longo Prazo e Aprender Hoje.

A necessidade da rapidez nos dias atuais acaba por transformar momento que seriam únicos em terríveis quadros de ansiedade.

As pessoas não estão indo em shows, apresentações para curtir o momento e sim para registrar e postar nas redes sociais, mostrar que vale mais estar em algum lugar do que vivenciar as emoções que poderiam ser proporcionadas.

Esquecer que as emoções serão sempre mais importantes que as ações é consequência de uma sociedade moderna influenciada pelas redes sociais.

A cultura criada pelas redes de mostrar o que estou fazendo, alimenta um sentimento que é nos ensinado desde a infância, o de ser melhor que o outro, e muitos acabam utilizando esse meio para exibir uma vida que não tem.

Ninguém posta foto no boteco da esquina comendo prato feito, mas não, a postagem será muito melhor, em algum restaurante conceito. Ninguém escreve como odeiam seus familiares, ou o que realmente ela acha dá amiga, tudo é amor, tudo é love, mas não.

E não há falsidade em ter essa atitude, muitos dizem, vamos tirar uma “fotinho” para o Facebook ou Instagram, para causar inveja nos amigos ou amigas, é clara a atitude de muitos usuários para aparecer.

A instantaneidade transforma o ser em um ansioso convicto, ela aceita, transmite para o mundo que é e ainda acha bonito!

A velocidade virou sinônimo de qualidade.

Aquele que é devagar ou gosta de saborear a vida é considerado lerdo, antigo, desatualizado, onde estão os romances? Os galanteios de meses?

Infelizmente tenho que lhes informar que não é a velocidade uma qualidade para as emoções, não existem emoção sinônimo de felicidade veloz, mas pode sim existir um equilíbrio.

 

O que pode ser no hoje e a longo prazo?

Todas emoções vividas em grupo devem ser feitas no hoje, mas isso não pode ir para um mundo virtual, ela tem que ser vivida naquele instante, saboreada.

Muitas pessoas viajam já contado e planejando a volta, os dias passam e elas ficam com a sensação de que nada aconteceu demais.

A alegria de estar em um show deve ser dívida com quem está ali com você, claro, se você tirar os olhos da tela do celular.

O aqui e agora deve ser vivido no mundo físico, e não no online.

Muitos observam a vida desde jovens, e isso deveria ser regra básica das famílias na questão de educação, não se pode obrigar pessoas a serem o que elas não são, ou usar de exemplos de comparação para lhes criar um perfil.

Exemplo clássico é a mãe que deseja que o filho seja advogado, mas o amor da vida dele seria ser professor de biologia.

Tudo na vida tem a sua carga no agora e a longo prazo, devemos viver pausadamente o hoje, curtindo cada dia de sua vida para que não chegue o fim do ano e você saia distribuindo opiniões de como o ano “voou”!

Já o longo prazo está na responsabilidade do tempo, você vive, alegria ou tristeza, sucesso ou fracasso, ilusão ou desilusão, não importa. Mas tudo ficará guardado no seu arquivo emocional que então lhe ensinará o que é viver.

É importantíssimo observar viver um equilíbrio do que ser agora e o serei no futuro, mas como encontrar o equilíbrio entre uma visão de longo prazo e aprender hoje?

Viver saboreando a vida sem deixar de plantar a semente para o futuro, regando sempre cuidadosamente com ternura e dedicação, longe de publicações fúteis de redes sociais que não irão lhe agregar em nada!

 

Vamos ser inteligentes?

Você já se questionou o quanto é inteligente? Ou o quanto poderia ser? E o que realmente isso seria para você?

Você deve criar a definição de inteligência e buscar ela para sua vida!

Para muitos a inteligência é sinônimo de saber coisas, ou ser bem-sucedido, ou ter uma linda família, amigos, ser popular. Eu não concordaria com nada disso.

Na minha opinião inteligência é saber viver a vida, justa, duradoura e emocionante, não basta eu ter tudo, mas não saber amar. Não me basta querer mais se não sei reconhecer o muito que tenho.

A visão de uma vida inteligente vai muito além de saber toda matéria na escola e sim, se comprometer a aprender ao invés de decorar, de fazer amizades ao invés de colegas, de respeitar o ser humano professor ao invés de achar mil e uma coisas dele, ser amigo da escola e não enxergá-la como punição.

E assim poderia ficar dias explicando como ser inteligente e cada canto e setor das vidas. Com a observação poderemos compreender como encontrar o equilíbrio entre uma visão de longo prazo e aprender hoje.

Pois os exemplos educam incrivelmente no hoje e a longo prazo. Basta você deixar de seguir a manada dos seres humanos por algo que ninguém tem certeza, de seu futuro.

Apenas tenha seu próprio foco.

 

Mas afinal, como encontrar o equilíbrio entre uma visão de longo prazo e aprender hoje?

Primeiro você deve descobrir o que realmente lhe agrada, o que te faz feliz por completo, se é estudar, trabalhar, investir seu tempo em projetos sociais, ficar com sua família, seus amigos, viajar mundo afora. Você decide, você é dono de sua vida!

Para descobrir não é muito difícil, você precisa observar tudo que você viveu até hoje.

Observar se já conquistou aquilo que emociona você e tem a certeza absoluta que não viveria sem, ou não faria outro tipo de projeto a não ser esse.

Certo! Você acaba de descobrir, nesse momento da sua vida o que lhe faz feliz, pois não há como prever o que você estará fazendo daqui a dez anos.

Você pode planejar essa visão a longo prazo e realizar projetos no hoje para que isso um dia chegue!

A visão de longo prazo dependerá muito do aglomerado de vivência, da sua experiência adquirida.

O viver hoje é não perder oportunidades com coisas fúteis e vazias, como ir a um show ou palestra e preferir ficar gravando em vez de ver ao vivo!

Lembre-se sempre, para encontrar o equilíbrio entre uma visão de longo prazo e aprender hoje, que o hoje é o combustível para o longo prazo, um depende do outro, mesmo se você acertar ou errar, o hoje e amanhã estarão sempre ligados.

Mas não fique remoendo tudo que viveu ou deixou de viver, deixa que as memórias da experiência falem mais alto. Foi algo que passou e aconteceu, bola para frente!

 

O amanhã é o investimento das minhas boas ações no presente!

Não mágica ou cálculo de outro mundo, dois mais dois são quatro e isso é a vida, você não pode plantar e não querer colher.

“A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória” – Citação de Chico Xavier

Se eu espero o tempo passar, coisas acontecerem, obviamente a visão de longo prazo será péssima. Agora se quero mudar de vida, ter mais oportunidades somente para mim ou para toda minha família, tenho que buscar por isso.

Seja estudando em uma faculdade para me aprimorar, ou pela internet em cursos EAD, saindo de um emprego que só lhe estressa, se aventurando em coisas novas, mudar de cidade, conhecer novos amores, novos ares.

Toda sua escolha nesse momento, até mesmo está lendo esse texto irá gerar algo incrível em você, amanhã você não será o mesmo de ontem e muito menos de hoje por que você escolheu evoluir.

Você escolheu plantar hoje para no futuro, ou seja, a longo prazo para ter resultados!

Se atualmente sua vida se encontra boa ou ruim isso é resultado do seu passado, seja por falta de planejamento ou outra eventualidade.

Muitas pessoas querem ter uma carreira, mas não fazem nada além de sonhar. É preciso se dedicar muito, e quando achar que se dedicou ao seu extremo, dedique-se ainda mais!

O impossível faz vida serem incríveis e não terá celular nenhum que conseguira gravar essa linda história da sua vida!

Relacionamentos terminar depois de anos, décadas, as pessoas sofrem, mas depois do dia do sofrimento começam a plantar coisas que transforma a vida para uma alegria indescritível, atitudes que não tinha antes, mas por que?

 

Comodismo, fuja rapidamente!

Para descobrir como encontrar o equilíbrio entre uma visão de longo prazo e apreender hoje, é vital que você corra longe de tudo que torne sua vida cômoda.

O desafio move você a alcançar coisas extra limites, estar sentado no sofá assistindo a programação entediante de um canal aberto é triste e angustiante, pois a vida lhe espera, você tem de zero a cem anos, para alguns mais, para ficarem guardados na história!

Não aceite o comodismo, mude, reforme, aja, plante e então estará vivendo o hoje de forma intensa e plantando um futuro do jeito que você realmente quer.

A vida é ao vivo, equilibrada entre as sensações e emoções assim você já sabe como encontrar o equilíbrio entre uma visão de longo prazo e apreender hoje, basta aplicar essas regras no seu dia a dia e escolher quais caminhos a seguir! Boa Sorte!

COMUNIDADE VIP

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos e dicas exclusivas sobre como Ser Empreendedor Digital!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!